TÍTULO: Sr. Daniels 
AUTORA:Brittainy C. Cherry
EDITORA: Record
ANO: 2015
PÁGINAS:283
SINOPSE:Depois de perder a irmã gêmea para a leucemia, Ashlyn Jennings é enviada pela mãe descompensada para a casa do pai, com quem mal conviveu até então. Devastada, Ashlyn viaja de trem para Edgewood carregando poucos pertences, muitas lembranças e uma caixa misteriosa deixada pela irmã. Na estação, Ashlyn conhece o músico Daniel, um rapaz lindo e gentil. A atração é imediata, e, depois de um encontro romântico, os dois descobrem que compartilham não só o amor pela música e por William Shakespeare, mas também a dor provocada por perdas irreparáveis. O único problema é que, quando Ashlyn começa o ano letivo na escola onde o pai é diretor, descobre que Daniel é o Sr. Daniels, seu professor de inglês, com quem não pode de jeito algum ter um relacionamento amoroso. Desorientados, os dois precisam manter seu amor em segredo, e são forçados a se ver como dois desconhecidos na escola. E, como se isso já não fosse difícil o bastante, ainda precisam tentar de todas as formas superar problemas do passado e sobreviver a alguns conflitos inesperados e dramáticos que a vida apresenta – e que poderiam separá-los para sempre.


           Para tudo que eu quero descer!!! É drama, é romance, é lição de vida, é realidade, é ... tanta coisa que no fim do livro você fica soltando alguns palavrões misturados a lágrimas e nariz escorrendo (sim, uma cena nada bonita, mas pura assim como o livro). Eu poderia começar dizendo que não dava nada para o livro, que ele apareceu e fui ler sem nenhuma pretensão. Ledo engano o meu. Achei que seria outra leitura água com açúcar e me deparo com um turbilhão de sentimentos!  Com morte, com crise de adolescente, com crise de adulto, com crise de personalidade, e mesmo assim, com todas essas crises, o livro é poético, doce e completamente rico em humanidade! 
.
.
.
.
.
.

Atenção, as próximas frases podem conter spoilers! Pare agora, se você não é adepto a eles! 



          Uma narrativa intercalada por cartas, Shakespeare e música. A cada capítulo você se depara, ou com a visão de Daniel ou com a visão de Ashlyn (aliás, que nome lindo!) sobre os acontecimentos. Confesso que às vezes ficava um pouco cansativo, aquela mismece de sempre, um casal apaixonado que não pode se amar...Mas então, a autora vinha com outro problema, com outra problemática social e eu era puxada novamente para a narrativa. Tudo bem que a vida dos protagonistas é totalmente ferrada, que a autora força a barra e coloca na vida da Ashlyn, a morte da irmã, o abandono do pai e o abandono da mãe. Isso é pesado, e até um pouco forçado! O Daniel não está muito atrás, uma vez que precisa lidar com o assassinato da mãe, o irmão drogado e a morte recente do pai! 
           Por se tratar de um livro com muitos temas polêmicos relacionados, creio que a autora não pode dar a ênfase necessária. Num livro em que temos, morte por câncer, assassinato por causa de drogas, abandono paternal, questões de homossexualidade e intolerância religiosa fica meio óbvio que haverá apenas uma pincelada de cada coisa. No entanto, a autora consegue ser fiel a uma linha de raciocínio, uma vez que prefere se focar nos problemas que enfrentamos na adolescência e esse número de temas cai para dois, com mais ênfase, no livro: homossexualidade e primeiro amor. 
           A forma como as coisas se resolvem foi outra coisa que me chamou a atenção. O tempo foi um remédio que, de fato, apareceu na narrativa. Dificilmente, encontramos adultos com a maturidade que Ashlyn teve para solucionar o seus problemas. Por fim, recomendo a leitura do livro! Por se tratar de uma história com um conteúdo muito válido e também por conter citações de Shakespeare! Espero que tenham gostado da resenha!
 Obrigada por lerem até aqui!  



6 Comentários

  1. Estou louca por esse livro, já escutei várias coisas boas e a primeira vez que li a Sinopse fiquei completamente apaixonada. Pretendo comprar o livro no BF e assim que eu ficar com um tempo vou ler.
    A resenha ficou ótima, bjs!

    Refúgio da Ju

    ResponderExcluir
  2. Adorei sua resenha, esse livro já é meu desejado. É muito bom quando o livro nos surpreende e nos desperta grandes emoções. Bjos!

    Indiquei o blog para o prêmio dardo blogger - Blog Literário 2

    ResponderExcluir
  3. Nossa, drama, romance, lição de vida, tudo de bom <3 parece que tem um tanto de sofrimento, vou preparar os lencinhos!!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  4. Faz tempo que esse livro está na minha lista de leitura e a resenha só me deu mais vontade de o ler o mais rápido possível.
    Beijos
    no-universo-dos-livros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Eu adoro essas relações de romance proibido, e com professor hahahaha acho super dinâmico,e é com certeza, um livro que leria. Parabéns pela resenha!


    Beijos, Carol
    Blog com V.

    ResponderExcluir